Homenagem ao Dia do (a) Enfermeiro(a)

No dia 12 de maio é comemorado mundialmente o Dia do Enfermeiro (a), e é com enorme satisfação que ENEEnf parabeniza a todos os estudantes e enfermeir@s, que cada vez mais engrandecem esta profissão. O dia 12 não foi escolhido ao acaso, ele corresponde à data do nascimento (12 de maio de 1820) daquela que é considerada a mãe da Enfermagem, a francesa Florence Nathingale.

Florence se destacou em suas atividades durante a Guerra da Criméia, quando foi  voluntariamente para o campo de guerra cuidar dos feridos; fazia curativos, administrava medicamentos, cuidava da farmácia, da rouparia da alimentação, do almoxarifado; “dez dias após a sua chegada, a cozinha recém-instalada estava alimentando mil soldados, e dentro de três meses dez mil, estavam recebendo roupa, alimento e medicações de seu hospital. É dito que como resultado de seu trabalho, o índice de morte foi reduzido de 40% para 2%.” Como recompensa aos trabalhos prestados por Florence, o governo francês concedeu-lhe um prêmio em dinheiro, usado para dar início à Primeira Escola de Enfermagem, fundada no Hospital Saint Thomas, em 1859.

No Brasil, uma mulher também se destacou durante uma guerra: a baiana Ana Néri, nascida em 13 de dezembro de 1814, na cidade de Cachoeira. Em 1864, quando seus dois filhos foram convocados para a Guerra do Paraguai (1864-1870), ela não resistiu à separação da família e colocou-se à disposição do governo para ir à guerra, sendo considerada a primeira enfermeira voluntária do Brasil. O seu nome foi dado à primeira Escola de Enfermagem oficializada pelo Governo Federal, em 1923. Ana Néri faleceu no Rio de Janeiro, em 20 de maio de 1880.

Por isso, todo ano aqui no Brasil ocorre a Semana da Enfermagem, que se inicia no dia 12 de maio (nascimento de Florence) e se estende até o dia 20 do mesmo mês (dia da morte de Ana Néri).

Maio também é o mês das Mães e nada mais justo do que falar sobre estas duas mulheres tão valorosas, que foram mães de muitos soldados feridos, e prestar uma singela homenagem a todos os enfermeiros (as) que se entregam de corpo e alma a esta nobre tarefa de cuidar das pessoas; e estender estas homenagens aos jovens futuros enfermeiros e enfermeiras, que em cada canto do país estão se preparando para manter e engrandecer cada vez mais esta profissão.

SOMOS GENTE QUE CUIDA DE GENTE!

“A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!”

                                                                                                   (FLORENCE NATHINGALE)

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s